Amigo Construtor Ensina

Como fazer um projeto de impermeabilização para obra?

FacebookGoogle+TwitterLinkedInWhatsApp
como-fazer-um-projeto-de-impermeabilizacao-para-obra.jpeg

O sistema de impermeabilização é responsável por proteger os materiais e estruturas da ação da água. Assim como os demais itens da edificação, é recomendável fazer o projeto de impermeabilização para especificar e detalhar como se deve executar essa proteção.

Acompanhe nossa publicação e conheça mais sobre esse projeto, que é necessário e relevante para conservação da estrutura em sua totalidade.

O que é impermeabilização?

É o composto capaz de isolar ou vedar os materiais, conferindo maior resistência e durabilidade. Os sistemas utilizados para impermeabilizar variam entre rígidos e flexíveis. Eles deverão ser escolhidos em função da necessidade de uso e das características do local de aplicação.

  • Sistema flexível: é mais adequado para casos onde possam ocorrer fissuras, locais de grande variação térmica, grandes vibrações ou forte exposição solar. Os materiais mais usuais são mantas e membranas compostas por elastômeros e polímeros. Tais alternativas são mais adequadas para áreas como reservatórios de água superiores, varandas, coberturas, lajes e pisos.
  • Sistema rígido: não atua em conjunto com a estrutura da edificação e não suporta variações térmicas e vibrações. Devido a essa característica, os materiais não são recomendados para locais onde existam fissuras e trincas, mas são ótimas opções para regiões com cargas já estabilizadas, como poço de elevador, piscina enterrada e reservatório inferior.

O que deve constar no projeto de impermeabilização?

O projeto, de acordo com o especificado na NBR 9575, é dividido em projeto básico e executivo. Os itens que devem constar em cada um são:

Projeto básico:

  • localização das impermeabilizações;
  • detalhes construtivos;
  • memorial da tipologia de impermeabilização utilizada.

Projeto executivo:

  • representação do sistema escolhido;
  • descrição da execução e detalhes;
  • planilhas descrevendo os materiais;
  • quantitativo de materiais;
  • total de serviços.

O quantitativo de materiais e serviços deve se basear no rendimento do produto utilizado e da área a impermeabilizar, portanto, verifique os dados apresentados pelo fornecedor para considerar um levantamento adequado.

Por que o projeto de impermeabilização é necessário?

O projeto deve ser feito para demonstrar em detalhe a solução escolhida. Se possível, elabore o projeto simultaneamente aos demais, dessa forma todas as instalações serão pensadas conjuntamente.

Compatibilize os projetos complementares como elétrico, hidráulico e estrutural com o projeto de impermeabilização para evitar possíveis problemas em obra.

Como executar adequadamente o projeto de impermeabilização?

Para efetuar de forma eficaz e coerente o projeto, é importante:

  • checar se a planta proposta está coerente com o exposto na NBR 9575;
  • observar quais soluções foram adotadas, se foram consideradas impermeabilizações rígidas ou flexíveis;
  • avaliar o substrato que receberá a impermeabilização;
  • verificar possíveis movimentações do terreno;
  • respeitar os detalhes especificados.

É possível que seu cliente não saiba da necessidade de uma impermeabilização adequada, por isso lembre-se de expor a importância dessa etapa. Quando feita preventivamente, a impermeabilização representa em torno de 3% do valor total da obra. No entanto, caso ocorra algum problema e a medida seja adotada como correção, o custo do conserto sobe para cerca de 20% do valor global da obra.

Conforme vimos, o projeto de impermeabilização é um item muito necessário. Quer mais conteúdos assim? Acompanhe nosso blog e confira 3 dicas para entrega de obra!

Tags:, , , ,
decoracao-cimento-e-concreto

Decoração com itens de cimento e concreto

Vídeos
shutterstock_246713686

Como substituir um reparo de registro

Como se faz