Amigo Construtor Ensina

Como o Facebook e o LinkedIn podem te ajudar a conseguir novos clientes

FacebookGoogle+TwitterLinkedInWhatsApp
Facebook e LinkedIn

Procurar emprego pela internet pode parecer simples, mas diversas pessoas passam muito tempo sem conseguir ser contratadas.

No entanto, você sabia que existem redes sociais feitas exatamente para isso?

O Facebook e o LinkedIn são duas boas opções, mas muitos ainda não sabem como usá-los da maneira correta.

Procurando emprego pela Internet

Você pode utilizar essas redes, não só para montar e divulgar seu portfólio, como também para buscar e se candidatar a vagas de emprego.

Muitas empresas utilizam essas plataformas para divulgar vagas devido à facilidade e por serem gratuitas – tanto para a empresa quanto para o candidato.

Mas atenção: seus perfis nas redes sociais (pessoais e profissionais) também serão analisados.

Os recrutadores ou clientes podem não te escolher, tudo porque seu comportamento na rede não pareceu ético ou responsável.

Saiba mais sobre como o Facebook e o LinkedIn podem te ajudar a conseguir mais empregos.

Página no Facebook

Ter uma página (fan page) no Facebook é um modo eficiente de divulgar o seu trabalho.

Seja você pedreiro, arquiteto, pintor, estar presente na maior rede social que existe atualmente pode te render muitos clientes e parceiros.

Mas não basta criar uma página. É preciso administrá-la, com conteúdo relevante e interagindo com seu público.

Qualquer pessoa pode criar uma página a partir do seu perfil pessoal no Facebook. Mas, para ela ser eficiente, é importante preencher o máximo das informações solicitadas.

Você deve informar o tipo de negócio, incluir uma foto de perfil e uma de capa, além de outras informações.

Depois, é só convidar outros usuários a curtirem sua nova página. Afinal, você precisa ser o principal divulgador do seu trabalho.

Converse com seu público

A página pode funcionar como um portfólio, com fotos dos seus trabalhos, que podem ser organizados em categorias e álbuns.

É importante que as fotos sejam bonitas, e que os trabalhos estejam bem realizados, claro. Então, capriche no acabamento e tire uma foto ou faça um vídeo valorizando o seu esforço.

Mas não para por aí: você precisa estar presente na rede social, fazendo seus posts. Você pode criar conteúdo que seja interessante para o seu público, que tenha ligação com o seu trabalho.

Por exemplo: se você é pintor, pode falar sobre a cor que é tendência no ano ou os tipos de tintas. Se você é azulejista, fale sobre modelos de azulejos.

Dando ideias para quem vai construir ou reformar, essas pessoas podem se tornar seus clientes.

Vantagens de criar uma página no Facebook

  1. Você disponibiliza seu trabalho para todos os usuários, independentemente de serem seus amigos ou não.
  2. Você não mistura sua vida pessoal com os seus projetos.
  3. Ter uma página te dá mais profissionalismo e credibilidade.
  4. É grátis!

Facebook Jobs: anúncios de emprego na rede

O Facebook Jobs é um recurso para páginas divulgarem vagas de emprego na rede.

Se você é quem procura por uma vaga, basta pesquisar o cargo e virão várias disponíveis nas suas proximidades.

Você ainda pode filtrar a pesquisa por tipo de jornada (período integral, meio período, estágio e até voluntário) e por setor, que seria o tipo de página (comunidade, produto/serviço etc.).

Depois, você se candidata direto na rede e ela captura os dados já disponíveis no seu perfil, como empresas em que trabalhou, formação, telefone e e-mail.

Por isso, é importante que essas informações estejam preenchidas corretamente no seu perfil. Mas também é possível incluir experiências profissionais e outros cursos direto na área de candidatura.

LinkedIn: a rede social voltada para carreiras

O LinkedIn é uma rede social com foco em relações profissionais. No seu perfil do LinkedIn, você pode ter todo o seu currículo e seu portfólio.

Ao invés de amigos ou seguidores, no LinkedIn você tem conexões. Assim, você se mantém em contato ou conhece profissionais da sua área, troca experiências e vagas de emprego.

Inclusive, existe uma área só para isso nessa rede social. Você pesquisa vagas de emprego e se candidata pela própria rede ou é direcionado para outros sites de processos seletivos.

Currículo e portfólio

O seu perfil será o seu currículo, por isso é preciso que ele esteja com informações completas, corretas e verdadeiras. No LinkedIn, é possível incluir informações como:

  • Empresas e organizações em que trabalhou, incluindo os trabalhos que fez em cada uma delas. Basta adicionar um arquivo de mídia ou link para que as pessoas possam acessar esse trabalho.
  • Formação acadêmica e, assim como na experiência profissional, os trabalhos e projetos que realizou.
  • Experiências em voluntariado.
  • Conquistas, como cursos, intercâmbios, certificações e tudo o que for relevante para sua vida profissional.

Um dos diferenciais do LinkedIn é a ferramenta “Competências”, na qual você pode incluir suas qualificações (conhecimentos do setor em que trabalha, ferramentas, softwares, idiomas etc.) e ser recomendado por elas. E, claro, pode recomendar outras pessoas também.

Ambiente profissional

Mas atenção: o LinkedIn, mesmo sendo uma rede social, é um ambiente profissional. Não é lugar para posts pessoais, fotos do dia a dia, a não ser as que tenham a ver com a sua vida profissional.

Assim como em uma empresa, é preciso tomar cuidado com a sua postura e com o que você comunica.

Pense no que você gostaria que seus recrutadores soubessem sobre você – e o que não gostaria – antes de fazer alguma publicação.

Seguindo essas dicas, vai ficar bem mais fácil conseguir emprego pela internet.

Quer saber mais como impulsionar sua carreira? Continue acompanhando as dicas do Amigo Construtor!

Com informações do Small Business

Tags:, , , ,
Supervendedor

Revenda de materiais de construção: saiba como ter um supervendedor

Vídeos
Mofo e bolor

Mofo e bolor: como prevenir que eles contaminem sua casa

Como se faz