Amigo Construtor Ensina

EPIs: entenda mais sobre este assunto!

FacebookGoogle+TwitterLinkedInWhatsApp
epis

No dia a dia de uma obra, muitos acidentes podem ser evitados por meio da utilização correta e constante dos equipamentos de proteção.

E para mostrar a importância desse assunto, no post de hoje vamos falar sobre o uso dos EPIs e como eles podem fazer a diferença na rotina dos profissionais da construção civil. Confira!

Afinal, o que são EPIs?

  • Os EPIs, ou Equipamentos de Proteção Individual, são os itens responsáveis por minimizar os riscos de acidentes em ambientes de trabalho e possíveis doenças ocupacionais, garantindo a segurança, a saúde e a integridade física dos profissionais.Para se enquadrar nessa categoria e poder ser comercializado normalmente, o equipamento deve possuir um Certificado de Aprovação (CA) emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego, além de apresentar boas condições de funcionamento e estar dentro do prazo de validade.

    E falando em validade, é muito importante observar que há diferenças nesse aspecto quando comparamos o CA e o EPI. Veja só:

    • o prazo de validade do CA é de 5 anos e corresponde ao período em que o equipamento pode ser comercializado pelas lojas especializadas;
    • no entanto, para o EPI, esse período pode variar de produto para produto, e deve seguir as instruções do fabricante.

Por que o uso desses equipamentos é tão necessário?

O principal motivo para justificar a importância do uso dos EPIs é a prevenção. Afinal de contas, independentemente do tamanho da obra, todos estão sujeitos a acidentes.

O uso contínuo dos equipamentos de segurança, além de ser obrigatório por lei, é muito importante para ajudar a evitar incidentes que poderiam causar ferimentos bastante graves.

Quais são os principais tipos de EPI?

O tipo de EPI exigido em sua área de trabalho está relacionado ao risco oferecido pela atividade que você exerce. Abaixo, vamos mostrar 3 tipos de equipamentos muito importantes que colaboram com a proteção dos profissionais da construção civil. Confira!

Cinturões de segurança

Quando o trabalho for realizado a uma altura superior a 2 metros, a partir do solo, o uso desse tipo de EPI para proteção contra possíveis quedas é obrigatório.

Máscaras faciais e filtros

Esses EPIs são altamente utilizados contra poeira de obra, pó de cimento, presença de névoa ou de gases tóxicos, evitando que substâncias contaminantes sejam inaladas e possam causar inflamações nos canais respiratórios ou nos pulmões.

Luvas e mangotes

Uma vez que as mãos e os braços são os principais instrumentos para o manuseio de objetos e equipamentos e, por isso, estão mais expostos a materiais tóxicos ou que podem provocar cortes, o uso de luvas e mangotes é essencial para garantir a segurança na obra.

Esse foi o primeiro post da nossa série sobre os EPIs. Gostou e quer saber mais sobre esses equipamentos tão importantes para o dia a dia de quem trabalha na obra? Continue acompanhando o nosso blog!

Aproveite e curta também a nossa página no Facebook para acompanhar as nossas novidades e conferir outras dicas superimportantes para quem trabalha com construção civil.

Tags:, , ,
cura do cimento

Entenda como funciona o processo de cura do cimento

Amigo Construtor Ensina
curiosidades

Saiba mais sobre grandes construções pelo mundo e suas curiosidades

Mercado