Amigo Construtor Ensina

Locação de obras

FacebookGoogle+TwitterLinkedInWhatsApp
Locação de obras

O acabamento, a arquitetura, a praticidade e outros tantos detalhes chamam a atenção em uma obra pronta. Mas vale lembrar que, para chegar ao resultado final, muitas etapas são necessárias.

Muitos acreditam que, com um bom projeto e com um bom orçamento, tudo é possível.

Se refletirmos, veremos que não é bem assim. Mesmo com um bom projeto e com um orçamento generoso, podemos ter muitos problemas em uma obra. O prolongamento do cronograma ou o orçamento que estoura podem transformar um sonho em um pesadelo. Ou ainda o pior, a soma dos dois problemas!

Para evitar equívocos e retrabalhos, é fundamental que a obra siga um projeto e um planejamento prévio. Afinal, as alterações durante a fase de elaboração não geram custos extras.

De posse do projeto, que deve conter todos os detalhes e soluções para diferentes desafios, iniciamos uma etapa que é fundamental para o sucesso: a locação da obra, que também é conhecida por marcação.

Nesta etapa, se realiza a marcação de todos os eixos da construção. O que permite o posicionamento correto e preciso de todos os elementos de fundação e, na sequência, das alvenarias.

Afinal, o que é Gabarito?

Também conhecido como “curral”, é o local onde fazemos as marcações e fixamos os pregos. Tudo para o posicionamento das linhas, que nos darão os alinhamentos de baldrames e alvenarias. Além do ponto correto para execução das fundações do tipo estaca, por exemplo.

Como fazer?

Deve ser montado considerando a face mais externa do bloco ou sapata de fundação, respeitando uma distância mínima de 1,5m ou mais. Assim, você permite a escavação e a circulação entre o bloco e o Gabarito de forma segura aos trabalhadores, além de garantir a estabilidade da estrutura, que não deve se movimentar em hipótese alguma.

Normalmente, a altura do Gabarito é de no mínimo 1m em relação a cota (nível) final da obra.

São utilizados pontaletes de seção quadrada de 9cm x 9m como escoras verticais e tábuas de 15 a 20cm como fixação na face lateral dos pontaletes.

Para garantir a estabilidade das tabeiras (tábuas laterais), os pontaletes devem ter espaçamento de aproximadamente 1,5m.

No topo dos pontaletes pode ser utilizada uma tábua de 15cm que é onde serão fixados os pregos guia.

Em obras em que há entrada de equipamentos ou máquinas de grande porte para fundação, é importante prever uma parte móvel para o Gabarito. Nestes casos, sempre devemos dar preferência a construir a parte móvel em uma região que não possua eixos, ou que possua o menor número possível.

Ainda nestes casos, é fundamental que se criem pontos de referência para não haver dúvidas quanto à manutenção da localização dos eixos e reforçar que a retirada deve ser realizada com o acompanhamento do responsável pela obra e apenas pelo tempo necessário para a entrada ou saída dos equipamentos ou máquinas.

O gabarito deve ser executado mantendo-se o esquadro e o nivelamento perfeito.

Uma forma prática e confiável de garantir o esquadro é formar um triângulo com as seguintes dimensões: 3:4:5 ou se possível 6:8:10.

Uma técnica que contribui muito para a identificação dos eixos e marcações é a pintura prévia do Gabarito com tinta branca.

Como utilizar?

Em obras de grande porte, os eixos são locados com a utilização de equipamentos de topografia e por profissional da área.

Em obras de menor porte, este procedimento também pode ser utilizado. Entretanto, é muito comum a marcação com equipamentos simples como trena e mangueira de nível com água. Neste caso, é recomendável que a trena utilizada seja de aço, evitando-se a deformação da fita e consequentes erros de medida.

Uma vez tomadas as medidas entre eixos e feita a marcação na tábua, procede-se a fixação dos pregos que definem exatamente o local onde a linha ou o arame devem ser posicionados.

As marcações de estacas e/ou brocas devem ser realizadas com a transferência do cruzamento das duas linhas de marcação (eixo numeral e eixo alfabético) com o auxílio de prumo de centro.

No caso de obras que tenham a circulação de equipamentos sobre o terreno, deve-se abrir uma cova com 30 a 50cm de profundidade e cravada estaca de madeira sobre o ponto exato de locação da estaca. A cova deve ser preenchida com solo e receber uma boa quantia de água com cal para a fácil identificação na superfície.

Alguns outros pontos de atenção, que garantem a manutenção do gabarito, são:

  1. Evitar trânsito pesado próximo ao gabarito.
  2. Evitar estocar materiais próximos aos gabaritos.
  3. Evitar choques com equipamentos ou máquinas.

Benefícios da montagem do gabarito:

  1. Alinhamento e esquadros perfeitos.
  2. Redução de tempo com verificações e retrabalhos.
  3. Fundações atuando de forma adequada.
Tags:, , ,
5-dicas-de-como-eliminar-cupins-em-casas-e-apartamentos.jpeg

5 dicas de como eliminar cupins em casas e apartamentos

Como se faz
harmonizacao-ambiente

Harmonização de ambientes com cimento queimado

Vídeos