Como se faz

Energia solar: Como ter um sistema fotovoltaico em casa

FacebookGoogle+TwitterLinkedInWhatsApp
Energia Solar

Energia solar, ou sistema de energia solar fotovoltaica, é um sistema que possibilita gerar energia limpa e renovável.

O Brasil tem grande potencial para o crescimento desse tipo de energia, já que, por aqui, há grande incidência solar o ano todo.

Para a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), a energia solar será responsável por 10% de toda a produção nacional até 2030.

Hoje, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) garante descontos na conta de luz para quem utiliza o sistema. A longo prazo, isso pode significar uma grande economia para o consumidor.

Mas como ter energia solar em casa? Isso é possível através da instalação de placas fotovoltaicas, geralmente no telhado (rooftop). Veja tudo o que você precisa saber para ter em sua casa.

Como funciona a energia solar?

O Sistema funciona da seguinte forma:

  1. Os painéis solares reagem com a luz do sol e produzem energia fotovoltaica.
  2. Essa energia é levada até o inversor, que a transforma em energia elétrica.
  3. Uma fração da energia gerada é consumida na hora pelos aparelhos da casa (eletrodomésticos, máquinas, lâmpadas etc.), que estiverem ligados.
  4. O excedente pode ser usado de duas maneiras. No sistema on grid (ligado à rede), é enviado para a rede distribuidora de energia, o que resultará em um abatimento na conta de luz. No sistema off grid (isolado, não tem ligação com a rede elétrica), pode ser armazenado em baterias, para ser utilizado quando não já incidência de luz solar. 

O que preciso saber antes de fazer a instalação?

O sistema de energia fotovoltaico pode ser muito benéfico, mas exige bastante cuidado no processo de compra, instalação e tecnologia. Confira as perguntas que você deve fazer antes de obter o sistema.

  • Minha casa tem estrutura para a instalação?

Como dissemos anteriormente, a energia solar em residências urbanas geralmente é instalada no telhado. Algumas interferências podem prejudicar a eficiência do sistema, como ventos, sombras, reflexos etc.

Por isso, é necessário que a instalação seja em uma área livre, que não tenha problemas estruturais e que seja reforçado. Além disso, é importante que haja circulação de ar para evitar o calor excessivo.

  • Qual o meu consumo mensal de energia?

Você precisa saber o consumo mensal de energia da sua casa, para escolher o tamanho do sistema necessário. Quando maior e mais complexo o sistema, mas caro ele será.

É possível checar o seu consumo de energia em na sua conta de luz, que é mostrado em kWh. No Portal Solar, você pode calcular o tamanho do sistema fotovoltaico ideal para a sua residência.

  • Quais equipamentos preciso adquirir?

Você deverá adquirir um kit de energia solar completo. Ele vem com painéis fotovoltaicos, inversor solar, estrutura de fixação, cabos e conectores específicos para esse tipo de sistema e alguns outros materiais elétricos.

  • Posso fazer a instalação sozinho?

Apesar de o kit ser vendido direto ao consumidor final pelas empresas, fazer a instalação sozinho te expõe a riscos de erros e acidentes desnecessários e que podem sair caros. O ideal é contratar uma boa empresa para realizar a instalação. Além disso, somente um engenheiro eletricisita ou eletrotécnico pode realizar o cadastro da sua residência no banco de registro de casas e empresas que utilizam energia solar.

  • Como deve ser feita a manutenção?

A manutenção do sistema fotovoltaico é simples e barata. Uma vez por ano, você deve limpar as placas, da mesma forma que limparia uma janela (com um pano úmido). O inversor solar deve ser trocado depois de 5 a 10 anos.

Afinal, quanto custa ter energia solar em casa?

O investimento para ter energia solar em casa é alto. Segundo pesquisa feita pelo Portal Solar, em julho de 2018, a média de preços vai de R$ 10.673,36 (1.32Kwp) até R$ 52,240,00 (até 10,56Kwp).

O preço já inclui geradores de energia solar, instalação, projeto, homologação e todo o equipamento.

Quais as vantagens da energia solar?

Apesar de ter alto custo de instalação, existe a vantagem econômica ao optar pela energia solar.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) garante grandes incentivos na conta de luz para quem tem o sistema ligado à rede.

Dentro de alguns anos, essa economia paga os custos iniciais. Um sistema residencial dura, em média, de 25 a 30 anos.

Mas a maior vantagem é ambiental. Hoje, a esmagadora maioria da matriz energética brasileira é sustentada por usinas hidrelétricas e termoelétricas.

Apesar de serem fontes renováveis, essas usinas causam grande impacto ambiental e perda energética.

Optar pela energia solar é investir em uma fonte de energia limpa e contribuir para a otimização da matriz energética brasileira.

Gostou da dica? Esse foi um pedido do nosso Amigo Construtor Fábio Soares da Silva, na nossa página no Facebook. Deixe você também sua sugestão!

Com informações de Portal Solar, eCycle e agências de notícias

Tags:, , ,
Profissões da Construção Civil

Profissões da Construção Civil: Quem é quem na obra

Mercado
escritório em casa

Como montar um escritório em casa

Como se faz