Conteúdo Técnico

Construção modular: como funciona?

Construção modular ou offsite é o método construtivo que usa módulos individuais pré-fabricados e instalados no local da obra, ou seja, eles são feitos em indústria e apenas montados in loco.

Você pode estar se perguntando: mas qualquer material pode gerar uma construção modular? Sim, ela pode ser feita de madeira, vidro, concreto, aço de alta resistência e até mesmo de steel frame. O que varia é o peso total a ser transportado pelo caminhão, mas todos os materiais permitem uma construção segura e confortável.

APP AMigo Contrutor

Para entender melhor o assunto, veja as imagens abaixo:

construção modular
FONTE: www.buildin.com.br/construcao-modular/
construção modular
FONTE: https://www.archdaily.com.br/br/949860/por-que-optar-por-construcoes-modulares

O intuito desse tipo de construção é agregar conceitos industriais às obras, que, ainda na atualidade, utilizam métodos, de certa forma, antiquados para execução e para controle de qualidade.

Trazendo conceitos de linha de produção para a engenharia civil, a construção modular visa obter:

  1. Agilidade: o fato de o módulo ser feito dentro de indústria retira a possibilidade de atrasos por conta de chuva ou outras intempéries, dependendo da região do país, além de contar com a aplicação dos conceitos de linha de montagem, tornando o processo altamente eficiente e seguro;
  2. Redução de poluição como um todo: por conta do planejamento mais detalhado para elaboração dos módulos, há menos perda de material na fabricação, menos emissão de CO2 para a atmosfera e descarte adequado dos excedentes;
  3. Redução de ruídos: boa parte dos ruídos fica confinada na indústria de fabricação, tornando o processo executivo muito mais cômodo para a vizinhança;
  4. Melhores condições de trabalho: com a industrialização do processo, os métodos executivos apresentam maior controle, tanto de qualidade quanto de elaboração, tornando o ambiente mais seguro para o trabalhador;
  5. Alto controle de qualidade: um ponto focal para garantia de segurança estrutural;
  6. Possibilidade de personalização: a disposição dos módulos internamente pode variar conforme a necessidade do usuário;
  7. Redução de custos: a produção em escala permite otimização de orçamento e a compra de matéria-prima a preços menores, devido à escala e ao poder de negociação que o processo proporciona. Além disso, por conta da redução de desperdício de material, é possível ter uma economia de imediato;
  8. Flexibilização da construção: em caso de demolições, há a possibilidade de desmontar os módulos para eventual reaproveitamento daqueles que estão íntegros.
construção modular
FONTE: https://www.archdaily.com.br/br/949860/por-que-optar-por-construcoes-modulares

E você deve estar se perguntando novamente: mas se a construção modular é tão boa, por que não utilizamos apenas ela?

Guias de bolso

Por isso, vamos abordar o outro lado da moeda e os percalços atuais do método construtivo.

  1. A redução de custo só se dá com a produção em escala: construções pontuais modulares acabam sendo mais caras, pois demandam profissionais mais capacitados e mais infraestrutura industrial do que o método convencional, elevando o custo global;
  2. Resistência cultural do mercado nacional: em função da grande necessidade de capacitação dos funcionários para execução do método de forma industrial e da necessidade de maior infraestrutura;
  3. Logística deficiente: temos dimensões máximas de altura, profundidade e largura dos módulos em função dos veículos de transporte viário disponíveis para isso;
  4. Mão de obra qualificada: no nosso atual cenário, pode ser complicado encontrar profissionais qualificados para a área;
  5. Necessita dos projetos detalhados integrados: utilização de BIM para verificação da convergência entre hidráulica, elétrica e estrutura;
  6. Demanda finalização dos projetos: não permite que obra e projeto corram em paralelo, o que é a prática usual brasileira.

O método tem a necessidade de maior maturação do mercado e capacitação da mão de obra. Porém, uma vez sanadas essas questões, é possível otimizar os processos, ganhando em produtividade, acabamento, segurança estrutural e dos funcionários, além da redução de custos.

Gostou de saber mais sobre construção modular? Veja também como consertar fissuras em paredes e pisos de concreto!

Guilherme Aznar Araújo – Consultoria Técnica InterCement Brasil



LEIA MAIS

Faça seu login para ler este conteúdo.
Não tem login? Faça seu cadastro aqui!



Mais Artigos Sobre Conteúdo Técnico