Grandes Construções

Grandes Construções: Cidade Administrativa de Minas Gerais 

Cidade Administrativa de Minas Gerais

A Cidade Administrativa Tancredo Neves é é a sede oficial do governo de Minas Gerais. A construção, considerada uma das maiores do país, é assinada por ninguém menos que Oscar Niemeyer.

A Cidade foi inaugurada em março de 2010, mesma data em que celebrariam o centenário do nascimento do ex-presidente Tancredo Neves, avô do governador de Minas Gerais na época, Aécio Neves. A construção, batizada em homenagem ao ex-presidente, surgiu com o objetivo de integrar os setores administrativos do governo em um único espaço. Antes dela, as secretarias eram distribuídas em 53 endereços diferentes, espalhados por Belo Horizonte.
Assim, na opinião do então governador a Aécio Neves,  haveria maior economia para o estado e melhor prestação de serviços à população. Hoje, a Cidade é o local de trabalho de cerca de 16 mil servidores.

blank
Apresentação da maquete da Cidade Administrativa por Oscar Niemeyer – Crédito: Jair Amaral/EM/D.A. Press

Arquitetura da Cidade Administrativa

Mas você deve estar se perguntando: por que chamar essa obra de cidade? É porque a Cidade Administrativa conta com cinco edifícios, em uma área de 790 mil m². Conheça cada um!

Edifícios da Cidade Administrativa

Palácio Tiradentes

Palácio Tiradentes
Palácio Tiradentes – Créditos: O Tempo

O Palácio Tiradentes é a sede do governo do Estado. É considerado o maior prédio de concreto suspenso do mundo, com vão livre de 147 m de comprimento e 26 m de largura. Ele pode ser descrito como uma caixa suspensa por tirantes protendidos e suportada por dois pórticos na fachada. Além disso, o prédio conta com quatro pilares externos sem ligação estrutural com esses pórticos. Tirantes transferem a carga dos pavimentos para a estrutura de sustentação que cobre o prédio na parte suspensa. Para acessar o prédio, há uma rampa de 51 metros de extensão e dois pontos de apoio.

Mas esse palácio moderno e audacioso da Cidade Administrativa teve um custo de manutenção tão caro, que obrigou o governo do estado a desativá-lo em 2018.

Auditório JK

Cidade Administrativa de Minas Gerais
Crédito: Bruno Magalhães/Nitro Imagens

Ao lado do Palácio Tiradentes, está localizado o Auditório JK. Este possui 4 mil m², 490 acentos e foi totalmente construído em concreto. Nele, acontecem palestras, congressos oficiais e apresentações.

Prédios Minas e Gerais

Prédios Minas e Gerais
Prédios Minas e Gerais – Crédito: Jaqueline Batista

Os Prédios Minas e Gerais abrigam as secretarias e outros órgãos de apoio do governo. São dois edifícios idênticos, com 116 mil m² de área construída, 14 andares para ocupação dos servidores. Além disso, eles contam com um pavimento aberto, com linhas arquitetônicas próprias e paisagismo. Cada andar tem 7 000 m², e o gabinete de cada secretário tem 50 m².

Prédio Alterosas

O Prédio Alterosas foi construído depois da inauguração da Cidade Administrativa para ser o Prédio de Serviços. Porém, atualmente, ele é a sede do Batalhão de Polícia de Guardas e do Centro Integrado de Comunicações Operacionais (CICOp), além de abrigar uma unidade do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais.

Centro de Convivência

O Centro de Convivência é uma construção em forma circular, construída entre os prédios Minas e Gerais, com acesso livre para todos. É uma área com restaurantes, lanchonetes e serviços como bancos, lotéricas e farmácias.

Centro de Conveniências
Divulgação

O projeto de Niemeyer é sempre descrito sempre como ousado e imponente. Por isso, o custo também foi alto: um investimento de R$ 948 milhões. Hoje, a Cidade Administrativa é um ponto turístico de passagem obrigatória para quem passa pela capital mineira.

Se você gostou de saber sobre a Cidade Administrativa de Minas Gerais, confira aqui outras grandes construções do Brasil e do mundo. E não deixe de acompanhar o Blog do Amigo Construtor para saber mais sobre o universo da construção!

Assuntos relacionados: ,
Gostou? Compartilhe!
De um a cinco, que nota você dá para esse conteúdo?
E aí, ficou com alguma dúvida ou quer comentar algo sobre esse conteúdo?




    Mais Artigos Sobre Grandes Construções