Grandes Construções

Grandes Construções: conheça as Torres Petronas, na Malásia

As Torres Petronas, ou Petronas Twin Towers, em inglês, são dois arranha-céus gêmeos na cidade de Kuala Lumpur, capital da Malásia. Inauguradas em 1998, as torres foram consideradas os maiores edifícios do mundo, com 452 metros de altura, até 2004, quando foram ultrapassados pelo Taipei 101, construído em Taiwan.

Os edifícios possuem uma arquitetura que reflete a influência islâmica no país do sudeste asiático. Em formato tubular, as torres são revestidas com muito vidro e aço inoxidável, enquanto o desenho mescla curvas e ângulos retos. Entre as duas torres, existe uma grande passarela que integra os pavimentos 41 e 42 de cada um dos prédios, criando um ponto turístico bastante visitado: a SkyBridge, 170 metros acima do nível da rua.

A construção das Torres Petronas fez parte de um agressivo plano de desenvolvimento da capital malaia. As obras foram idealizadas e bancadas pela companhia petrolífera nacional, a Petronas, que batiza os edifícios até hoje. Estima-se que o custo total das obras tenha ultrapassado a marca de 1 bilhão de dólares, na cotação de 1998.

O projeto arquitetônico ficou a cargo de César Pelli, famoso arquiteto argentino que faleceu em 2019. A ideia apresentada por ele era trazer a Kuala Lumpur um ícone de boas-vindas ao Século XXI.

Hoje, as Torres Petronas abrigam escritórios e centros de convenção na maioria de seus andares, mas também contam com diversos mirantes, uma galeria de arte, um teatro filarmônico e dois museus, voltados para atrair os turistas que passam pela cidade. As estimativas oficiais indicam que os edifícios recebem mais de mil visitantes todos os dias.

As obras

As obras das torres tiveram início no primeiro dia de 1992. Na fase de escavação, os profissionais responsáveis chegavam a retirar 500 caminhões cheios de terra por dia, de modo a atingir os 30 metros abaixo da terra necessários para a estrutura. A fundação, por sua vez, contou com 13.200 metros cúbicos de concreto, que oferecem 4,6 metros de espessura e pesam aproximadamente 35 mil toneladas.

As obras das torres tiveram início no primeiro dia de 1992. Na fase de escavação, os profissionais responsáveis chegavam a retirar 500 caminhões cheios de terra por dia, de modo a atingir os 30 metros abaixo da terra necessários para a estrutura. A fundação, por sua vez, contou com 13.200 metros cúbicos de concreto, que oferecem 4,6 metros de espessura e pesam aproximadamente 35 mil toneladas.

Gostou de conhecer mais sobre as Torres Petronas? Então confira também outras Grandes Construções do Brasil e do mundo!

Fontes: ArchDaily, Earth Trekkers, mm2h e Petronas (site official).

Gostou? Compartilhe!
De um a cinco, que nota você dá para esse conteúdo?

E aí, ficou com alguma dúvida ou quer comentar algo sobre esse conteúdo?




    Mais Artigos Sobre Grandes Construções