Tire Suas Dúvidas


Bem-vindo ao FAQ do Amigo Construtor!

Aqui você encontra algumas das perguntas mais comuns enviadas para nossa área técnica. Explore algumas dessas respostas logo abaixo. Caso não encontre sua dúvida na lista, escreva pra gente! Nossa área técnica responderá sua questão em até 72 horas.

TIPOS DE CIMENTO

Existem algumas condições que você deve observar antes de escolher o cimento ideal para sua construção. No vídeo que preparamos para a série Amigo Responde, tiramos algumas das principais dicas sobre esse assunto. Assista agora!

O cimento ideal varia bastante de obra para obra, e algumas condições devem ser observadas. Veja mais sobre esse assunto no vídeo que fizemos para a série Amigo Responde: https://www.instagram.com/p/CIYBbYynYrn/. Não importa qual seja a sua demanda, não se esqueça de usar sempre os cimentos InterCement Brasil!

Jamais deve-se adicionar água em excesso no concreto, tendo em vista que essa prática pode causar diversos problemas para a estrutura. Veja mais detalhes no post que fizemos para a série Amigo Responde: https://www.instagram.com/p/CMDMsd1Fgw1/

A cor do cimento não tem influência alguma na sua resistência. Se quiser saber mais sobre o porquê de alguns cimentos serem mais claros ou mais escuros, confira o conteúdo que fizemos para a série Amigo Responde: https://www.instagram.com/p/CI8PbOHnGbl/.

A pasta é utilizada para realização de alguns ensaios de cimento. Para uso em obra, utiliza-se argamassa ou concreto.

EMBALAGEM DO CIMENTO

Caso você queira ver qual o tipo de cimento dentro da embalagem, esta informação consta na parte superior esquerda do verso da embalagem do cimento.

O cimento ensacado, mesmo quente, não chega em obra em temperatura que possa gerar problema.

Além disso, a temperatura do saco costuma cair rapidamente. Poucas horas após a chegada do cimento na obra a temperatura do produto já diminui substancialmente.

Tudo depende da forma de armazenagem. Se o cimento for armazenado de forma correta, ou seja, longe de umidade, afastado de paredes e do solo, sua validade é de até 90 dias. Durante este prazo o cimento pode ser utilizado sem perda de suas propriedades.

Entretanto, como a embalagem do cimento é de papel kraft, a partir de 90 dias pode começar a acontecer uma pré-hidratação do cimento, por conta da umidade do ar. Neste caso, o cimento não pode mais ser utilizado.

Sempre que você for utilizar algum cimento, mesmo dentro do prazo de 90 dias, observe se ele não apresenta grumos duros, do tipo de que não se desfaz ao se apertar entre os dedos. Se houver este tipo de grumos, recomendamos que o cimento não seja utilizado, pois, possivelmente, teve contato com umidade em algum momento.

Se quiser saber mais sobre o assunto, confira o vídeo que preparamos: https://www.instagram.com/p/B9XUpO3JrfH/.

Na série Amigo Responde, que desenvolvemos nas nossas redes sociais, abordamos um pouco sobre esse assunto. Confira o vídeo https://www.instagram.com/p/CHyJSi3JK9Z/

ESTRUTURAS COM CONCRETO

Confira o conteúdo que produzimos para a série Amigo Responde, explicando por que essa é uma prática importantíssima:
https://www.instagram.com/p/CJqduPYlg1u/.

O cálculo de uma escada é algo de elevada complexidade e de grande responsabilidade. A legislação brasileira permite que somente profissionais habilitados (engenheiros) façam este cálculo.

Por esta razão, não podemos ensinar como fazê-lo. Recomendamos que entre em contato com algum engenheiro calculista de sua confiança para este dimensionamento.

O ideal é sempre utilizar uma tela de ancoragem. Existe no mercado telas especificas para esta finalidade. Ela vai grampeada ou chumbada na alvenaria, e é fixada na nova parede, com argamassa de assentamento entre camadas de tijolo.

Isso permite uma boa amarração das paredes e auxilia que elas trabalhem em conjunto, ajudando a evitar a fissura que normalmente apareceriam entre estas duas paredes.

O ideal é primeiramente entender o que está de fato errado. Se foi o contramarco da janela que foi colocado torto ou se é o próprio requadro do vão.

No primeiro caso, a solução simples: basta chamar um serralheiro ou carpinteiro, dependendo do material da janela, para fazer o ajuste. Em caso de ser o próprio requadro do vão, será necessário retirar a janela e corrigir este requadro.
Possivelmente precisará fazer algum ajuste no tamanho da janela, devido a esta correção do requadro. Por isso, também será necessário chamar um serralheiro ou carpinteiro. Para evitar retrabalho, o ideal é que o serralheiro/carpinteiro que ajustara a estrutura da janela e o pedreiro que fará a correção do requadro visitem a obra juntos e entrem em acordo na melhor forma de correção, visando fazer o menor ajuste possível na estrutura da janela existente.

VIBRAÇÃO DO CONCRETO

Vibrar o concreto é utilizar um vibrador, normalmente de imersão, para adensar o concreto. Com isso, se consegue retirar as bolhas de ar provenientes do lançamento e formar um concreto mais compacto.

Isso além de melhorar a resistência do concreto, colabora muito para sua durabilidade.

Para saber mais sobre o assunto, acesse: https://www.instagram.com/p/CAxlhz9hZpc/

Via de regra, considera-se 5 a 15 segundos um tempo suficiente de vibração do concreto. Esse tempo depende da consistência do concreto. Quanto mais seco, maior este tempo. Vibra-se normalmente até se obter uma superfície relativamente regular. É importante retirar a agulha do vibrador lentamente, para evitar a formação de bolsas de ar.
Outra dica muito importante: Nunca encoste o vibrador na armadura. Isso faz com que a vibração do vibrador seja transmitida ao longo de toda a armadura e pode gerar segregação.

Para saber mais sobre o assunto, acesse: https://www.instagram.com/p/CAxlhz9hZpc/

Caso se vibre demais, pode ocorrer a segregação. A brita, por ser o material mais pesado, tende a descer e a argamassa (areia, cimento e água) a subir.

Para saber mais sobre o assunto, acesse: https://www.instagram.com/p/CAxlhz9hZpc/

TRAÇO DO CONCRETO

Infelizmente, por questões normativas, não podemos indicar traços de concreto. Somente o engenheiro responsável pela obra é quem pode indicar o melhor traço.

Isso se deve ao fato de que o traço muda significativamente dependendo dos materiais utilizados para sua produção, como tipo de areia, dimensão de brita, tipo de cimento e uso ou não de aditivos.

Além disso, cada obra tem uma demanda de resistência mínima do concreto e o traço deve ser dimensionado tendo esta resistência de projeto como valor mínimo.

TIPO DE AREIA

Areia de praia não pode ser utilizada para produção de concreto ou argamassa, muito menos para construção de qualquer estrutura.

A principal razão para isso é a presença de cloreto de sódio e outros sais minerais em sua composição.

O cloreto pode causar corrosão de armaduras rapidamente, comprometendo a segurança e durabilidade da obra.

No caso das argamassas, a presença deste sal pode elevar o tempo de pega, prejudicando a aplicação e durabilidade do assentamento, além de causar o aparecimento de eflorescências (manchas brancas).

Veja um pouco mais sobre esse assunto no vídeo que preparamos para a série Amigo Responde: https://www.instagram.com/p/CKWJg3VnP3v/

Pó de pedra pode ser utilizado. Entretanto, deve-se dar atenção ao teor de material pulverulento. Normalmente a areia artificial (pó de pedra) tem um teor de material pulverulento alto, o que pode aumentar a demanda de água do concreto, derrubando a resistência, além de aumentar a chance de fissuras de retração.

Outro ponto a se observar é o formato dos grãos. O ideal é dar prioridade por agregados que tenha sido britados em sistema VSI, o qual deixa os grãos mais arredondados.

Pó de pedra/Areia Artificial produzida em britador convencional costuma deixar o concreto com uma aparência muito “áspera” e sem muita coesão.